Header Ads

Seo Services

Sabesp começa a nivelar tampões de ruas e avenidas


Novo contrato também prevê investimentos de R$ 116,5 milhões para em 30 anos ampliar a oferta de água, coleta e tratamento de esgoto


A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) deu início aos trabalhos de nivelamentos de tampões de poços de visita, localizados em ruas e avenidas dos bairros Vila Bressani, Jardim Vista Alegre, Jardim América, Bela Vista, Itapoan, Residencial Olinda e Bom Retiro. A expectativa da empresa é atender 50 pontos neste ano, segundo informou o gerente da Sabesp na cidade, João Paulo Gabrielli, durante a assinatura do novo contrato com a Prefeitura de Paulínia.

A Sabesp e a Prefeitura de Paulínia assinaram no último dia 3 o contrato para a prestação dos serviços de água e esgoto do município. O acordo prevê investimentos de R$ 116,5 milhões para ampliar a oferta de água, além da coleta e do tratamento de esgoto, pelos próximos 30 anos.

As principais obras estão previstas nos primeiros 10 anos de contrato, o que vai proporcionar melhorias nos sistemas e manter os índices de 100% na cobertura de água e esgoto na área atendível. Até 2022, a expectativa de investimentos é de R$ 6,5 milhões em abastecimento, R$ 28,2 milhões em sistemas de esgoto e R$ 860 mil em outros investimentos, somando R$ 35,5 milhões do montante previsto.

A médio prazo, entre 2023 e 2035, serão investidos R$ 25,6 milhões em água, R$ 30,9 milhões em esgoto e 2,8 milhões em outros investimentos. E, de 2036 a 2048, os valores são de R$ 15,6 milhões, R$ 3,1 milhões e 2,8 milhões, respectivamente.

Em abastecimento, a Sabesp fará obras, como melhorias no sistema de captação do Rio Jaguari, execução de 5,5 mil metros de reforço de adutora de água tratada entre a Estação de Tratamento de Água e o Centro de Reservação Castelo; implantação de reservatório de 1 milhão de litros na região do Parque da Represa, além da execução de aproximadamente 17 quilômetros de redes de distribuição.

Quanto ao tratamento de esgoto, a Sabesp informou que vai ampliar a Estação de Tratamento de Esgotos de Paulínia, somada à execução de mais de 48 quilômetros de rede coletora, incluindo o atendimento aos bairros Núcleo Betel, Bela Vista I e II, Região do Parque da Represa, Santa Terezinha II e Cascata.

“O saneamento tem que estar presente dentro da gestão no mesmo nível que a saúde e a educação. Porque é um item fundamental para garantir a saúde. Hoje, a gente registra um momento importante de investimento naquilo que é fundamental: qualidade de vida para a população”, afirmou o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Marcos Penido.

Para o diretor-presidente da Sabesp, Benedito Braga, o marco legal do saneamento recém-aprovado no Congresso vai possibilitar, dentro do novo contrato, a atuação em áreas de vulnerabilidade social em Paulínia. “Com a promulgação do novo marco, teremos a oportunidade, inclusive, de atender a população mais carente do município. Hoje temos alguma dificuldade de ir, por exemplo, em áreas irregulares, temos a dificuldade legal de prestar o serviço, mas com o novo marco vai haver a possibilidade de atender também essas áreas”, disse.


Fonte: 24hrs

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.