Header Ads

Seo Services

Índice de isolamento social atinge o nível mais baixo


Conforme o Sistema de Monitoramento Inteligente de São Paulo (SIM-SP), patamar foi de 38% na segunda-feira; mínimo é 55% e ideal, acima de 70%


O nível de adesão ao isolamento social em Paulínia atingiu nesta segunda-feira (20) 38%, conforme o Sistema de Monitoramento Inteligente de São Paulo (SIM-SP), do governo estadual. Este é o índice mais baixo já verificado na cidade desde o início da quarentena decretada em todo o estado, no último dia 24 de março, para segurar a velocidade de transmissão do novo coronavírus e para evitar o colapso no sistema de saúde.

O índice de adesão de 38% dos paulinenses ao isolamento está 17 pontos percentuais abaixo do mínimo, estabelecido em 55% e considerado pelo governo paulista como satisfatório. O ideal é acima de 70% e nunca foi atingido em Paulínia. Nesta segunda, a taxa esteve 32 pontos percentuais distantes do ideal e sete acima da menor já verificada na cidade pelo SIM-SP: 31%, no dia 12 de março, quando ainda nem existia a quarentena.

A taxa de adesão à quarentena de Paulínia nesta segunda-feira foi uma das piores entre nove das 10 cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC), seguida por Itatiba, com mais de 70 mil habitantes e que são monitoradas pelo SIM-SP:

Paulínia – 38%;
Itatiba – 38%;
Hortolândia – 39%;
Santa Bárbara d’Oeste – 39%;
Sumaré – 39%;
Americana – 40%;
Campinas – 41%;
Vinhedo – 41%;
Valinhos – 43%; e
Indaiatuba – 44%.
Estado de São Paulo – 43%.
Paulínia está na fase 1 (vermelha) do Plano São Paulo de retomada gradual e regionalizada da economia no estado. Essa é a mais restritiva, que permite a abertura apenas de serviços e comércios essenciais, embora o decreto do prefeito inclua, contrariando determinação do estado, a abertura de atividades da etapa seguinte – laranja (concessionárias, revendas de carros, escritórios) e outras nem previstas no Plano São Paulo, como pesqueiros.

Até as 9h30 desta terça-feira (21), o boletim epidemiológico diário da Prefeitura registrava 1.630 casos confirmados da Covid-19 em Paulínia, 22 mortos pela doença e 38 pessoas internadas em razão do novo coronavírus no Hospital Municipal “Vereador Antônio Orlando Navarro”.

Fonte: 24Hrs

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.