Header Ads

Seo Services

Ajudante surta de ciúmes e esfaqueia mulher


Casal vive junto há 10 anos, mas tem histórico de brigas e agressão; homem teria dito que a mulher revelou que o havia traído


Uma camareira de 56 anos foi esfaqueada na axila, braço e tórax durante uma discussão com o marido, um ajudante geral de 43 anos, na noite desta quarta-feira (1º), no bairro Praia Azul, em Americana. Ela foi socorrida e levada em estado grave pelo Resgate do Corpo de Bombeiros ao Hospital Municipal Waldemar Tebaldi. Ronaldo Franceschetti alegou ciúmes e foi preso em flagrante. Solange Fernandes Lima tinha medida protetiva contra o marido.
O crime foi por volta das 19h40 no apartamento do casal, no Condomínio Balneário Riviera. De acordo com amigos, o casal é alcoólatra e sempre que ingere bebidas passam a brigar.
Solange trabalha no período da manhã em um hotel e na tarde do crime havia ingerido bebida alcoólica em um bar em frente ao prédio onde mora, com o marido e um amigo. Apesar da medida protetiva, há, pelo menos, duas semanas o casal tinha reatado. Segundo os amigos, Ronaldo chegou a ser preso por três meses por agressão contra a esposa, mas foi liberado e quando foi pegar as roupas na casa dela, acabaram fazendo as pazes e ela permitiu que ele ficasse em casa. “Ele trabalha, mas era ela quem sustentava a casa. Uma mulher muito trabalhadeira. Ele é uma excelente pessoa, mas quando bebe um pouco mais fica agressivo”, contou o amigo do casal, Márcio José Brancalhão, de 40 anos, que conhece o casal há três anos.
O casal vive junto há 10 anos. Após deixarem o bar, o casal teria ido para o apartamento deles e os amigos só descobriram o crime após vizinhos ouvirem a discussão e invadirem o imóvel. A mulher foi encontrada caída em uma poça de sangue. Havia manchas de sangue por toda a cozinha e corredor da casa. Ele também estava caído no chão e foi detido e levado para a Central de Polícia Judiciária (CPJ), onde foi mantida a prisão dele em flagrante. Em declaração extraoficial, o ajudante geral disse que a agrediu porque a vítima teria revelado que o havia traído. Amigos garantem que a mulher não comentou e nem demonstrou essa atitude.
De acordo com relatos dos médicos para a polícia, Solange foi atingida com ao menos quatro facadas e está em estado grave.
Em nota, a Prefeitura informou que “a paciente deu entrada na emergência do Hospital Municipal na quarta-feira (1/7), por volta das 20h30. Ela recebeu os primeiros atendimentos, foi submetida a raio-x de tórax e medicada. Seu estado de saúde é considerado grave, ela aguarda avaliação da equipe de cirurgia geral e está internada na unidade de emergência”.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.