Header Ads

Seo Services

Timão pretende processar ex-preso de Oruro por briga na Arena, diz jornal

Tiago Aurélio dos Santos foi identificado nas imagens do confronto entre organizadas no clássico com o São Paulo. Pelo problema, Corinthians perdeu mando de campo
O presidente do Corinthians, Mário Gobbi Filho, acionou o departamento jurídico do clube para entrar com um ação judicial contra o torcedor Tiago Aurélio dos Santos. Ele foi identificado nas imagens da briga entre duas organizadas do clube no clássico com o São Paulo, no último dia 21 de setembro, na Arena em Itaquera. Pelo ocorrido, o STJD tirou um mando de campo do Timão.
- Vou determinar ao departamento jurídico que entre com uma ação. Vou procurar saber quem é, pedir para o jurídico verificar e buscar a Justiça - declarou Gobbi, ao jornal O Estado de S.Paulo.
Essa não é a primeira vez que Tiago Aurélio dos Santos tem problema. Ano passado, em Oruro, ele foi um dos 12 corintianos presos na cidade boliviana como suspeitos da morte do torcedor Kevin Espada. Em fevereiro deste ano, Tiago voltou a ser preso, dessa vez no Brasil. Ele estava junto com mais de 100 torcedores do Timão na invasão ao CT Joaquim Grava.
- Se sou eu que dou uma causa de perda de mando do campo do Corinthians sou fuzilado. Olha a inversão de valores que vivemos! Está tudo louco, sem bússola. Fomos jogar em Cuiabá porque perdemos o mando de campo por causa de uma briga de duas torcidas na Arena Corinthians - completou o presidente do Timão.
Por conta da punição do STJD, o Corinthians jogou com o Vitória, no último dia 22, na Arena Pantanal. O Timão venceu a partida pelo placar de 2 a 1.

Fonte : GE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.