Header Ads

Seo Services

Para quem sabe ler pingo é letra...

Olá caros leitores, sejam muito bem vindos, e hoje teremos alguns fatos e questionamentos como sempre com a minha mais SINCERA opinião, e também já que prego botou a cabeça vamos martelar, pois aqui tomo a liberdade de debater assuntos e não criar fatos como fazem por aí, pois este espaço foi feito com esta função, então vamos ao que interessa e o resto não tem pressa.

Quem não tem postura não adianta ensinar...

O fato que me chamou a atenção esta semana foi um indivíduo que até não me causaria surpresa nenhuma a sua euforia em defender o antigo prefeito, e infelizmente ele o defende tentando acusar o seu concorrente com blasfêmias e palavras de baixo calão. O que me causa estranheza é o fato dele estar a tanto tempo envolvido na política, passando por diversos grupos políticos, e ter a postura que vem tendo dentro dos grupos de debates políticos que freqüenta nas redes sociais. Estamos falando de Marcelo de Souza, um cara aparentemente boa praça, mas que vem se transformando em uma pessoa sem controle e sem postura por não acontecer o que almeja e possivelmente o que explique tal desespero demonstrado em postagens que vem colocando em rede social diariamente, seja o fato de que não lhe caiu à ficha que a ficha do antigo prefeito Pavan(PSB) sujou tanto na esfera jurídica como na esfera das pessoas que através do voto determinam quem é aceito e quem não é aceito pra fazer parte de administrações.  

O contador de estórias...

Pode se considerar que este tal Marcelo de Souza conta estórias das mais variadas, e se atem aos fatos ocorridos julgando como acontecem em seu meio, tudo pra ele acontece da mesma forma que ocorre em sua vida, o que ele não se atenta ou talvez não queira se atentar que nem todo mundo toca como possivelmente ele toca a própria vida, corre-se como rastilho de pólvora vários comentários sobre a forma e o motivo que ele trocou de partido, inclusive com histórico de traição ao presidente que o defendeu em todas as conversas tecidas nos bastidores políticos na última eleição. O pior de tudo isto foi que em seus desabafos em rede social deixou bem claro que a sua atitude não foi contemplada da forma ora negociada e que ele se propunha a não fazer mais parte daquele grupo, que foi sanada em um fio de esperança que o antigo prefeito Pavan(PSB) voltaria ao poder e que não aconteceu.

E as histórias continuam...

Ele ainda tem a pachorra de querer cobrar a excelentíssima Juíza de decisões e prazos de decisões que ele acredita contemplar seus anseios, esta é a forma que ele acredita que vai solucionar todos os seus problemas, ainda se embasando nas redes temos um histórico de uma discussão entre ele e uma das irmãs Milanês onde ela cobra explicitamente leite e frauda prometido por ele nos tempos de pré campanha, isto prova que se houver veracidade neste ocorrido, ele comete e cometeu alguns pecados ai, primeiro iludiu pessoas que precisavam encarecidamente de uma ajuda, e depois deixou estas pessoas na saudade, outro pecado é que nas leis do homem isto é considerado crime, enquadrado na lei como captação ilícita de sufrágio, ou seja, compra de votos.

O final da estória nem sempre é feliz...

Isto tudo prova que o que ele vive dizendo do opositor ao seu defendido, aparentemente por motivos escusos, é seu próprio universo e também, como ele disse em uma de suas postagens, que este colunista recebe dinheirinho pra escrever o que escreve, seria uma vontade própria ou em seu meio era assim que acontecia.
Tamanho descontrole só deixa claro que na verdade ele no fundo não acredita mais nas estórias que contam pra ele e ele repassa através das redes sociais, talvez só ele não perceba o quanto já foi usado como massa de manobra, e assim não perceba o quanto já se desvalorizou politicamente.

ideia que deveria puxar a fila...

Todos sabem ou pelo menos deveríamos saber que o idealismo que deve nos mover, devemos em todos os parâmetros defender as idéias e nossos ideais acontecem automaticamente, costumo falar em bate papos políticos por ai, que considero um burro puxando a carroça, onde o burro, que a meu ver, é  um dos mais inteligentes animais seria considerado nossas idéias e a carroça seria nossos ideais.
Se nosso idealismo ou idéias forem respeitadamente priorizadas e articuladas de forma correta, nossos ideais são realizados sem que precisemos articulá-lo, o contrario disto estaremos à mercê do fracasso na maioria dos casos, então deixo aqui minhas considerações e reflexões, para que pensem a respeito e que mudem esta forma incoerente de se fazer política, pois o idealismo é a vontade do povo, e o que você sonha em ter ou em fazer vai acontecer se for respeitada esta regra.
Bom caro leitor,  fico por aqui, desejando uma excelente semana a todos vocês e que Deus transforme em música de anjos tudo ao seu redor, e que vocês se conscientizem que a política tem que ser ocupada para que nós possamos gozar de uma tranqüilidade plena para nossos filhos e netos. Fiquem com Deus e até a próxima.

  

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.