Header Ads

Seo Services

JORNALISTA BLOGUEIRO CASSADÍSSIMO VIAJA !!!!!!

A Viagem...

Todos já percebemos que algumas pessoas viajam literalmente na maionese, prova disto são pessoas que sonham e vivem na realidade acreditando que seu sonho é real, algumas se perdem no achismo,  acreditam e querem fazer acreditar que aquilo que prega é a mais pura verdade.
Viajando ou não Mizael Marcely o jornalista blogueiro cassadíssimo, veio a tona questionar uma de nossas colunas, onde vejo minha singela opinião sobre a forma postural de uma oposição que infelizmente no tramite do que lhe cabe esta de alguma forma fazendo seu trabalho, que acho digno até, só não concordo com a forma, como disse existem formas e formas de se fazer só dei uma idéia de atenção com a população, inclusive agreguei uma idéia de projeto interessante que a nobre vereadora pode não ter se atentado e que poderia trazer beneficia muito proveitosa para nossa cidade, agora Sr. Mizael Marcely como sempre parecendo ter um miolo de pote, como gosta de intitular certas pessoas e politicamente falando, sai dizendo barbarias inverídicas tentando distorcer um assunto, vou desenhar pra ver se este blogueiro, como se justificou no processo que junto com o Pavan o condenou a perder os direitos político, entende e para de distorcer fatos a seu mercê .
Justifica-se...
Quanto aos processos licitatórios embargados e questionados no MP são contratações de diversos itens que a partir do momento que forem entregues e ou executados que são pagos a quem forneceu e ou executou, é mais ou menos assim Sr Mizael, contrata-se 400 cirurgias de catarata, executa-se 100, na lógica paga-se só 100 cirurgias, este é apenas um exemplo do raciocínio da coisa, quanto ao preço deve-se levar em conta o preço fechado depois do pregão, pois só assim ele está findado, agora o comparativo de vossa senhoria demonstra claramente a sua inércia ou falta de conhecimento mesmo, porque me faça rir, comparar o patrulhamento ostensivo com crime cometido, que nem você mesmo diz “da licença”, uma coisa não tem nada a ver com a outra.
Espero que tenha valido a lição administrativa, porque no mandato que o Sr defende, contratou-se por centenas de milhões uma empresa para prestar o serviço de eventos também, e foi feito da mesma forma, agora será que só foi pago o que ela executou? Aí é que está volto na teoria dos universos, onde se julga qualquer um mediante o próprio universo.
Falta de Coerência...

Todos sabemos que a população de Paulínia estão saturados desta “Guerra Política” e é natural se sentirem insatisfeitos, pois são eles que pagam a conta no final de tudo, pois os questionadores de plantão, que se julgam seus defensores, garanto que a maioria deles não usam o poder público, é só dar uma passeada pelas redes sociais e ver a freqüência de muitos deles em festas regadas a farturas, viagens e tudo mais que a vida pode oferecer, não seria possível se deparar com os mesmos enfrentando uma fila de cirurgia no poder público, vaga em creches e nem pegando uma cesta básica na promoção social, mas mesmo assim se julgam os libertadores dos mais necessitados. Até outro dia tinham cargos e regalias do poder público, e também vinha as responsabilidades de trato com a população, execução de atos como, administrativamente falando, conservação de qualidade dos serviços prestados a população, manutenção predial, veicular e criação e execução de projetos que contemplasse a população em um todo, e durante 4 anos e sete meses, o que mais se viu foi uma sucate ação do bem público, que até hoje não se achou a saída definitiva para que a máquina ande pra frente, e ainda depara-se com indivíduos questionando e puxando o cabo para traz, alegando que está protegendo o dinheiro público, para que não seja mal gasto, mas não se atenta ao detalhe que tem pessoas sofrendo a falta de estruturação que eles mesmos não o fizeram e hoje não deixam que o faça, pra mim acho que é fácil fazer da forma que eles vem fazendo, pois assim não explicita a incoerência e a incompetência que teriam que amargar caso acontecesse.

Isso tudo ainda vai dar pano pra manga...

Quem não conhece o ditado da vovó, pano pra manga vai dar a um curto espaço de tempo, pois quando se subestima a inteligência de um povo, uma hora a corda roe e aí o que parecia céu vai virar inferno, é só uma questão de matemática, quando a população fizer as contas e chegar a um resultado comum,  os politiqueiros de plantão que achem outra profissão pra exercer. Isto já aconteceu e poderá acontecer novamente, pois ninguém é tão bobo a ponto de não perceber quando está sendo enganado uns antes outros depois, mas todos percebem, e aí vai ser um Deus nos acuda.
Criticar e questionar quem tem a caneta que decide o anseio de um povo, faz parte de um dos méritos que cabe a democracia, agora se vangloriar criar inverdades, principalmente que atrasa a vida do cidadão de bem, é se colocar no caminho do fracasso, pois um dia o povo cobra a conta e aí não tem promessa que de jeito, na inversão do ato.
Deixo aqui mais uma coluna escrita com as minhas mais sinceras opiniões, espero que fique a contento, e se não ficar, fiquem a vontade pra dar sua opinião, desde que se atenha à pertinência do assunto, afinal até esta nova forma de fazer política já criaram, que seria tudo pessoal, então atacam falam mal, são subjetivos, mas ninguém se propõe a debater o assunto com coerência e sabedoria, talvez seja por não ter conhecimento e gera uma desconfiança de não saber nem se informar, pois eu não acredito que possa ser um dos sete pecados capitais.
Hoje fico por aqui, agradeço a todos os leitores de minha coluna, pois é muito gratificante estas visitas, concordando ou não com minha sinceridade, fiquem com Deus e até a próxima...

   

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.