Header Ads

Seo Services

Águas Passadas é quem para o Moinho!?!?!?

O ditado ...
Olá pessoal, volto hoje depois de longas férias pra contar sinceramente minha opinião sobre os acontecimentos políticos de nossa amada cidade, sejam bem vindos e opinem a vontade, pois suas opiniões são muito importantes pra nós.
Então vamos lá, diz o ditado que “Águas passadas não movem moinho”, e isto é de inteira veracidade, pois a água que já desceu rio abaixo não volta mais, agora não é o que vemos em nossa política local no atual momento, pois a cidade na última administração ficou um caos, mal administrada, ações demasiadamente incorretas, e também incoerentes, sem levar em consideração a maldade cometida quando o antigo prefeito assumiu a cadeira durante longos sete meses e deixou q tudo caísse por terra não dando andamento em um processo se quer, seja ele de compra de óculos, contratação de serviços, compra de equipamentos e por ai vai.
Tamanha maldade cometida pelo antigo governo, que o atual sofre até hoje as penas de tais erros, mesmo um ano depois se continua embolado o meio de campo por ainda gerar dúvidas sobre a sucata deixada pra trás pelo último governo.

A Inversão do Ditado....

A água que passou por debaixo da ponte não deveria voltar mais admito, mas pelo que a vejo insiste e se bombeia de volta atrapalhando o decorrer do transito natural das coisas, prova disto é ver a “A meleca que se forma sobre o leite, quando o leite ferve” vulgo Nata, comandar ações nas redes sociais, questionando justamente aquilo que posteriormente através de algum comandado, questionar e embargar na justiça emperrando processos licitatórios, o pior que embasado em factóides e pior ainda sem nenhuma preocupação com a população, se necessitam ou não de tal serviço. Podemos citar já o questionamento da contratação de cirurgia de catarata, questionada pela nobre Vereadora Ângela Duarte ( PRTB ), onde questionou no MP, o preço e também que a prefeitura tem estrutura pra proceder tais cirurgias com a equipe e estrutura que temos, mas peraí, se tem dona Ângela porque se acumulou durante a última gestão da que a Sra. fez parte, quase 400 cirurgias, e mais porque a sra não questionou na época quando fazia parte do executivo, e detinha um cargo CC7 na Diretoria do PROCON? Afinal esta é uma dúvida que não me deixa calar.
Idéia do que fazer .....
Todos sabemos que a Ângela Duarte ( PRTB ) é amante e defensora assídua dos animais, prova disto é o quanto esta sra. se empenha na criação de seus bichos e também ajudando a ONG de defesa dos animais, temos algumas informações inclusive de divulgação ampla na mídia local que a sra. visita o setor de Zoonose Municipal, tirando foto e questionando a forma que são tratados os bichos por lá, tive a oportunidade de olhar de perto e não é um local dos mais lindos, mas não constatei nenhuma irregularidade de maus tratos, agora se a ONG ou a sra. não tem estrutura pra assumir os animais que se encontram naquele local, porque a sra. não se atem em pleitear um Hospital pelo SUS pra animais pra nossa cidade, ou até aderir a um projeto muito bonito que roda nas redes sociais de trata douro de animais abandonados, com parceria público-privado ele sairia do papel muito mais rápido, se a sra quiser conhecer, pode ir até a Europa, quando em suas merecidas férias que costuma ir pros Estados Unidos, dar um pulinho lá e conhecer tal projeto, aí não vai sobrar tempo pra sra. ficar embargando processos licitatórios de contratações que teriam beneficiado as pessoas que hoje esperam a mais de quatro anos uma cirurgia de catarata pra poder enxergar melhor.

Ditado por ditado.... 
Sendo ditado ou não a oposição tem o seu papel no âmbito da democracia, e é muito importante isto, pra dar condições de igualdade de opiniões, mas temos também que dar ênfase no que questiona, e como questiona as ações de execução do poder público, porque se não se toma um circulo vicioso que prejudicarão quem mais precisa que a máquina ande, e este prejuízo poderá pesar bastante na humanização da coisa, ou seja, se coloquem no lugar de quem precisa e não tem pra onde correr e entenderão o que estou dizendo.
Eu acho que deve haver fiscalização mesmo, mas não deveria haver prejuízos sociais pra isto, cabe a cada um ter a decência de questionar com fundamentação e coerência, ou seja, questione o preço do serviço ou até compra, mas antes tenham a capacidade de deixar acontecer primeiro, pois se tiver algo errado o crime terá sido cometido, e a população já terá sanado os problemas que a afligem, e a justiça cobrará o que possivelmente estiver errado, dos responsáveis por tal erro.
Bom meus amigos fico por aqui, que vocês tenham uma abençoada semana e até a próxima...


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.