Header Ads

Seo Services

Aprovado projeto de lei do Marquinho da Fiorella propõe captação e utilização da àgua da chuva

Os vereadores da Câmara Municipal de Paulínia aprovaram em segunda discussão o Projeto de Lei 19/14 de autoria do presidente Marquinho Fiorella (PP) que visa à captação, armazenamento e utilização da água das chuvas em novos condomínios e prédios privados do município.

A água de chuva é coletada pelas calhas no telhado do prédio, é armazenada em uma cisterna no térreo ou subsolo. Pode-se instalar um equipamento para filtrar esta água que atenda as normas vigentes da Vigilância Sanitária.  A água captada poderá ser usada na irrigação de gramados, plantas e lavagem de quintais.

De acordo com Fiorella, a proposta pretende reduzir o consumo de água, evitar o desperdício de água potável, despertar o sentido ecológico e contribuir com o meio ambiente.

A lei da captação, armazenamento e aproveitamento da água de chuva já foi aprovada em cidades como Americana e outros municípios e estados. A medida também contribui para ações de precaução e de minimização dos problemas decorrentes dos efeitos das estiagens.

A lei se aplicará em edificações privadas, residenciais e comerciais. Nos condomínios deverão ter no mínimo 30 residências para se enquadrarem  na lei, já os condomínios verticais deverão ter no mínimo duas torres. O projeto de lei segue para a sanção do prefeito.

Indicações – Fiorella apresentou três indicações, uma na área da saúde solicitando a realização de mutirão para exames de ressonância magnética, para agilizar o atendimento de todos os pedidos que estão na  fila de espera.

Propôs também reforma do passeio público existente no entorno da Praça César Bierrenbach e Valdemar Perissinotto, conhecidas como Lagoa do João Aranha. O local encontra-se bem danificada, cheia de buracos, o que dificulta o trânsito de pedestres, inclusive coloca em risco a vida das pessoas que praticam a caminhada na lagoa.
E a implantação de uma nova linha de ônibus coletivo urbano da Viação Passaredo, com itinerário que atenda a empresa LSL Transportes S/A (Grupo Honda) e outras da região. O atual itinerário do ônibus coletivo do Parque da Represa não atende aos funcionários que trabalham na empresa.

Requerimentos – No Requerimento nº188/14 o vereador pede informações ao Executivo  quanto à implantação do combustível Biodiesel no transporte coletivo urbano do município. No ano passado o edil apresentou a Indicação nº  223, encaminhada em 20 de março pedindo o uso do combustível no coletivo urbano, mas até o momento não obteve resposta.

 O Biodiesel  é um combustível de fonte renovável originário de oleaginosas como a mamona, palma, amendoim, dendê, babaçu e soja, ainda pouco explorado no país, contribui para uma melhor qualidade de vida e saúde da população e meio ambiente.

Já no Requerimento nº 189/14 solicita a reforma geral e manutenção no sistema de iluminação pública da Praça Elvira Furlan Perozzo, Praça Sol Nascente, localizada entre as Ruas Luiz Ferro e Dr. Armando Antonio D’Ottaviano, na Região Central, bairro Vista Alegre.
Para o Marquinho Fiorella a captação, armazenamento e aproveitamento da água de chuva trarão benefícios ao meio ambiente e economia a população


Fonte : Camara Municipal

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.