Header Ads

Seo Services

GM prende em flagrante homem acusado de homicídio

A GM (Guarda Municipal) de Paulínia prendeu na madrugada de terça-feira (13) um carpinteiro de 30 anos acusado de matar um armador de ferragem de 27 anos. O suspeito teria disparado quatro vezes contra a vítima após uma discussão. Quando a ambulância chegou a vítima já estava morta.


De acordo com o secretário de Segurança de Paulínia, Cícero Brito, após efetuar os disparos, o acusado fugiu para uma residência no bairro Presidente Médici. A GM foi até o local e encontrou o carpinteiro debaixo de uma cama. Ele estava com um revólver calibre 38. A arma tem capacidade para seis tiros e quatro cápsulas estavam deflagradas.


Os patrulheiros que atendiam a ocorrência voltaram ao local da ocorrência e encontraram uma pistola com capacidade para vinte tiros. Duas balas haviam sido deflagradas. O carpinteiro foi preso em flagrante por homicídio e porte ilegal de armas. Ele foi encaminhado à cadeia anexa ao 2º Distrito Policial de Campinas, no bairro São Bernardo. O acusado também seria o responsável por matar a esposa, em 2011, em Cosmópolis.


Brito relatou que o fato de moradores da região terem chamado a GM, logo após os disparos, foi “crucial” para o acusado ter sido preso. “A ajuda da população foi muito importante para a GM prender o acusado. Em situações assim as pessoas devem acionar a GM e a polícia o mais rápido possível”, disse.

O telefone da GM é 153  e (19) 3874-3646. O telefone da PM (Polícia Militar) é 190.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.