Header Ads

Seo Services

Defesa Civil inicia Plano Verão em Paulínia


Começou em Paulínia a Operação Verão 2013-2014 que deixa a Defesa Civil da cidade alerta para desastres naturais com a chegada da época das chuvas. Apesar de a cidade ter poucos locais com risco de alagamento, serão aplicados planos de prevenção em períodos onde o volume de temporais é maior, com objetivo de evitar transtornos aos moradores, principalmente àqueles que habitam em áreas consideradas vulneráveis.
 “Temos que estar sempre alerta e preparados para entrar em ação no menor tempo possível e de preferência evitando as catástrofes”, destacou Paulo Mota, Secretário de Defesa Civil.
Durante esse período, equipes da Defesa Civil farão o acompanhamento da previsão meteorológica, a medição dos índices pluviométricos e as vistorias técnicas de campo em áreas de risco, para a remoção preventiva, quando necessário.
Para isso, os procedimentos operacionais são divididos em níveis. O primeiro é o da observação, quando o volume acumulado de chuvas não deve ultrapassar os 80 milímetros.
A próxima fase é o nível de atenção, onde iniciam as vistorias de campo. Após essa etapa, se as chuvas persistirem os níveis são de alerta e alerta máximo, onde ocorrem ações integradas com o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e demais secretarias. Em caso de emergência ou risco de catástrofes naturais é preciso entrar em contato com a Defesa Civil pelo telefone 199.

Área Interditada
Nesta semana, a Defesa Civil recolocou uma placa na lagoa do Parque Brasil 500 que informa que o local está interditado desde 2005. Os antigos avisos foram retirados por vândalos. O secretário ressalta a importância de sinalizar que não permitido é pescar ou nadar na lagoa. “A lagoa é muito grande e funda, além de ter “buracos” em seu leito que podem surpreender os banhistas causando risco de afogamento” finalizou Mota.


Fonte : Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.