Header Ads

Seo Services

Polícia divulga fotos de suspeito de matar comerciante em Campinas

Allisson Felipe Dantas Barbosa, suspeito de matar o comerciante (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

Allisson Felipe Dantas Barbosa foi reconhecido por uma testemunha.
Segundo o delegado, ele está foragido desde o dia dos pais de 2012.
A Polícia Civil divulgou nesta segunda-feira (1ª) imagens do suspeito de assassinar um comerciante de 42 anos, baleado no cabeça, em fevereiro, em Campinas (SP). As fotos de Allisson Felipe Dantas Barbosa, de 20 anos, foram encontradas em uma câmera na residência da namorada do rapaz. Condenado por roubo, ele é considerado foragido da Justiça, já que teve o benefício da saída temporário do Dia dos Pais do ano passado e não retornou à prisão.
As fotos de Barbosa foram reconhecidas por uma testemunha que, logo após o crime, viu o rapaz fugindo. Ainda não há pistas do outro assaltante que participou da ação. Segundo o delegado Maurício Lucenti Geremonte, a Polícia Civil já tinha as fotos do assassino em mãos no dia do crime. Entretanto, prefiram não divulgar antes de encontrar o suspeito.
Segundo Geremonte, Barbosa cumpria pena em regime semiaberto por vários roubos e chegou a ser reconhecido em outra oportunidade, por participação em sequestros relâmpagos. A polícia ainda não tem pistas do paradeiro do suspeito.
O crime
O comerciante Marcelo Frederico foi abordado no dia 21 de fevereiro no Jardim Santana, em
Campinas. De acordo com informações da Polícia Militar, ele estava dentro do carro esperando um funcionário da empresa que é dono sair de casa quando foi abordado por dois assaltantes. Os ladrões queriam levar o veículo. De acordo com o funcionário, a vítima foi baleada quando levantou os braços. Ele foi atingido por dois disparos na cabeça e um no tórax.
Os criminosos conseguiram roubar a carteira e o aparelho celular do comerciante e fugiram, segundo a polícia. A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi levado para o HC da Unicamp e morreu três dias depois. Ninguém foi preso.
Latrocínio
Também no dia 21 de fevereiro, um empresário de 76 anos morreu após ser baleado em uma tentativa de roubo de um carro de luxo na Avenida Ibirapuera, na Vila Castelo Branco. De acordo com a Polícia Militar, Romário Freitas Borges foi abordado pelo ladrão quando saía do carro e tomou as chaves do veículo em frente a uma imobiliária. A esposa e o neto perceberam a movimentação e entraram, junto com a vítima, em luta corporal com o assaltante, que efetuou os disparos.

Fonte : G1

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.