Header Ads

Seo Services

Timão confia em 'reservas de luxo' para subir na tabela do Paulistão


Força no banco e folga pela Libertadores são trunfos da equipe para atingir meta estabelecida pelo técnico Tite: entrar no G-4 do estadual

Reprodução : meu timão
O Corinthians ficará três semanas sem jogar uma partida válida pela Taça Libertadores da América. Após vencer o Tijuana por 3 a 0 no estádio do Pacaembu, na última quarta-feira, a equipe só voltará a campo pela competição continental no dia 3 de abril, contra o Millonarios, em Bogotá. Tempo suficiente para resolver a situação no Campeonato Paulista, única preocupação alvinegra nos próximos 20 dias, e dar descanso a alguns titulares.
A intenção do técnico Tite é mesclar seus principais jogadores com os reservas nos próximos compromissos pelo estadual. No último sábado, na vitória por 3 a 2 sobre o Ituano, o comandante já havia utilizado um time integralmente composto por suplentes - Alexandre Pato foi o único titular relacionado, a pedido do próprio. O fato de os reservas também já terem experiência como titulares tranquiliza o treinador.
Contra o Tijuana, por exemplo, os sete jogadores que ocuparam o banco de reservas já tiveram sequência como titulares em algum momento: Julio Cesar, Edenílson, Chicão, Douglas, Romarinho, Jorge Henrique e Emerson Sheik. O equilíbrio no plantel, exaltado constantemente por Tite, faz com os titulares também fiquem despreocupados em deixar nas mãos dos suplentes a missão de subir na tabela de classificação do Paulistão.
- Talvez tenhamos até mais de 15 titulares. Isso é muito importante. Não há uma insegurança, por parte de quem está jogando, em perder a posição. Quando eles (reservas) jogam, dão conta do recado. O Tite sempre deixa uma disputa muito aberta, a cada treinamento, e valoriza quem está jogando - opinou o lateral Alessandro.
A saída de Emerson para a entrada de Alexandre Pato é o principal exemplo da força do banco do Timão. Herói do título da Libertadores do ano passado e titular até o início desta temporada, o Sheik acabou perdendo posição para o concorrente, contratado do Milan por R$ 40 milhões.
 - O Emerson se dedica muito nos treinos. Ele começou o ano como titular, perdeu a posição, mas está trabalhando, esperando e levando muito a sério. Não é porque o jogador não é titular que está mal tecnicamente ou fisicamente - argumentou Alessandro.
Até o próximo compromisso pela competição continental, o Corinthians terá cinco jogos pelo Campeonato Paulista: União Barbarense (em casa), XV de Piracicaba (fora), Guarani (fora), Penapolense (em casa) e São Paulo (fora). Sexto colocado do estadual, com 18 pontos, o Timão busca entrar no G-4 para ter privilégios na fase mata-mata – a partir das quartas de final, quem tiver terminado a primeira fase em melhor colocação, decide em casa.
- A ideia é muito mais preservar para um momento importante. Agora é focar completamente no Campeonato Paulista para subirmos colocações - finalizou Alessandro.

 

Fonte :  GloboEsporte

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.