Header Ads

Seo Services

Câmera flagra bebida em festa irregular em posto de combustível


Dono diz que comércio com 100 mil litros de combustível é 'bomba-relógio'.
Espaço fica a 100 metros da delegacia de polícia de Hortolândia (SP).
Câmera flagra cigarro e bebida em festa irregular em posto de Hortolândia, SP (Foto: Reprodução / EPTV)
As câmeras de segurança de um posto de combustíveis de Hortolândia (SP) flagraram um grupo de jovens que ocupa semanalmente o espaço, sem autorização, para promover festas com carro de som, cigarro e bebidas. Os proprietários do posto já acionaram polícia e município por conta do risco de explosão no local.
No estabelecimento, existem avisos para que não haja som alto no local. Mas imagens gravadas pelas câmeras de segurança do local mostram a invasão do grupo, que começa por volta das 20h e segue madrugada adentro. Os jovens levam caixas de som, estacionam os carros e, com o som alto, começam a dançar em toda a área. Vários bebem e fumam ao lado das bombas de gasolina.
“Eles fumam cigarro o tempo inteiro. E a gente tem o medo de ocorrer um dia uma explosão. Isso aqui tem basicamente 100 mil litros de combustível aqui embaixo. É uma bomba-relógio”, disse o dono do comércio, Carlos Eduardo Ricato.
De acordo com relatos de vizinhos, ambulantes também se encaminham para o local e vendem bebidas, segundo as testemunhas, sem exigir documento que comprove que o consumidor e maior de idade.
Por volta das seis horas da manhã alguns clientes do posto começam a chegar, mas mesmo assim ainda há frequentadores da festa no pátio do posto. A sujeira deixada no local pelos jovens também fica evidente nas gravações do circuito de câmeras. Próximo ao local, a reportagem flagrou próximo ao posto uma grande quantidade de capsulas usadas para armazenar cocaína.
Polícia na vizinhança
O problema ocorre desde o ano passado. Os moradores do Parque Pinheiro reclamam muito do barulho, que ocorrea menos de 100 metros da delegacia de policia. Na sede da Polícia Civil, a informação é de que o delegado só poderia atender a reportagem na terça feira.
Um dos donos do posto chegou a fazer boletim de ocorrência, fez representações na Guarda Municipal e Policia Militar pedindo providências.
O que diz o poder público
A Secretaria de Segurança Pública disse que vai apurar a denúncia feita na reportagem. Já a Prefeitura de Hortolândia disse, ao contrário das reclamações dos moradores, que desde de quinta-feira da semana passada a GM intensificou a fiscalização na avenida do posto por considerar a situação urgente.
Sobre a venda de bebidas feita por ambulantes, a administração disse desconhecer essa prática e garantiu que vai ficar atenta na próxima vistoria. A Policia Militar reconhecer o lugar como um ponto crítico e, apesar disso, agora vai realizar operações para diminuir o problema.

Fonte : G1

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.