Header Ads

Após ser acusada de sequestro, mãe devolve criança ao pai em Jaguariúna


Menina de 3 anos desapareceu após ser levada pela mãe da escola. Pai disse que ela contou que só comeu arroz e feijão nos 12 dias sumida..

A garota de 3 anos de idade que estava desaparecida há 12 dias da casa da família, em Jaguariúna (SP), foi entregue neste sábado (2) ao pai, que acusava a mãe da menina de tê-la sequestrado. Segundo o motoboy Miguel Felipe de Souza Luswarghi, a filha foi deixada na casa da avó materna após uma série de diligências da polícia na região. A mãe da criança continua desaparecida.

A menina Kyara Vitória Luswaghi estava sumida desde o dia 20 de fevereiro, quando a mãe a retirou da escola sem a autorização do pai, que havia conseguido no dia anterior a guarda provisória da criança. De acordo com o motoboy, a mãe perdeu a guarda da criança em dezembro do ano passado por abandono. Segundo ele, o documento emitido pelo Conselho Tutelar relatava que ela deixava Kyara das 8h às 22h sozinha em casa.

“Ela está mais magra e contou que nesse período só comia arroz e feijão. Quando fui buscar, ela estava brincando e o coraçãozinho dela disparou quando me viu. Ela disse que me amava, me deu um abraço e ficou mais tranquila”, relatou o pai da garota.

Luswaghi contou que no sábado foram feitas diligências em algumas residências em Mogi Guaçu (SP), onde denúncias apontavam que a menina estaria com a mãe. De acordo com o pai, os policiais avisaram os donos das casas vistoriadas que eles responderiam como cúmplices caso estivessem escondendo a criança. “Isso aconteceu às 13h. Quando foi 18h, a mãe dela [da mãe da criança] me ligou dizendo que tinham deixado minha filha na casa dela”, conta.

A família registrou um boletim de ocorrência de encontro de pessoa e espera agora que a mãe seja encontrada pela polícia para dar esclarecimentos sobre o que aconteceu. O pai de Kyara informou que também pretende processar a creche, que liberou a saída da crianças sem a autorização dele.


Do G1 Campinas e Região




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.