Header Ads

Seo Services

Polo do projeto Guri de Sumaré abre temporada de matrículas para o segundo semestre de 2021


 

Aulas são online e gratuitas para as crianças e adolescentes

O polo do  Projeto Guri de Sumaré recebe até 21 de junho inscrições on-line para novos alunos. No município estão disponíveis 40 vagas no curso de canto (período da tarde), 4 para percussão, 2 para trombone, 1 para violoncelo e 1 para contrabaixo acústico, totalizando 48 vagas. 

As aulas serão oferecidas no contraturno escolar para crianças e jovens entre 8 e 17 anos de idade, de forma remota devido à pandemia do coronavírus.

Para fazer a inscrição, o responsável deve acessar o link no site do Projeto Guri (http://wae.projetoguri.org.br:8080/waeweb/servlet/hnwvcndrwdg?1,2021,2,1) e completar o formulário a partir de qualquer plataforma (celular, tablet, computador, etc). 

  O preenchimento e envio dos dados não garantem a matrícula, que dependerá da ordem da inscrição e da quantidade de vagas disponíveis no curso escolhido. Caso não haja vaga no momento, o cadastro entrará, automaticamente, na lista de espera para o período e vagas remanescentes em vigor entre os dias 2 e 20 de agosto de 2021.

 Segundo a coordenação do projeto em Sumaré, as aulas terão início a partir de 9 de agosto e os alunos terão acesso às aulas e atividades por meio da plataforma de ensino à distância. “Em razão dos impactos da pandemia da COVID-19, que afetam fortemente o setor cultural e o orçamento do Estado, as aulas no Projeto Guri seguirão de modo remoto. O retorno presencial, quando houver, deverá ocorrer de maneira progressiva, atendendo à deliberação do Governo do Estado de São Paulo e à autorização prévia de cada uma das cidades. 

As famílias receberão as informações necessárias com antecedência, cientes de que todas as medidas de segurança estão sendo tomadas, visando à saúde e ao bem-estar de alunos, familiares, colaboradores e comunidade”, informou a coordenação do Projeto Guri, que é mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

 Fonte: Zatun


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.