Header Ads

Seo Services

Justiça Eleitoral, multa ponderações.

 



Traremos ao conhecimento do nosso querido leitor considerações acerca da 

questão relacionada à multa eleitoral, a Justiça Eleitoral e a 

quitação/pagamento.

Ainda estamos sofrendo com a pandemia, e muitos serviços vem sendo 

realizados de forma remota.

O atendimento da Justiça Eleitoral esta sendo basicamente realizado de 

forma não presencial, objetivando se evitar aglomerações.

A iniciativa da Justiça Eleitoral vai de encontro com a preocupação sanitária 

de distanciamento entre as pessoas.

O nosso eleitor pode ter realizado alguma ação ou omissão que resultou na 

aplicação de multa pela Justiça Eleitoral.

Esta multa poderá acarretar problemas para o eleitor, inclusive para 

obtenção de certidão e outras situações para o pleno exercício de sua vida 

pessoal e profissional.

A Justiça Eleitoral disponibiliza ao eleitor a oportunidade de regularizar sua 

situação sem a necessidade de ir presencialmente ao Cartório Eleitoral.

Tivemos no ano de 2.020 eleições e o nosso eleitor pode ter sido apenado a 

pagar a multa em razão de algum ato ou omissão. 

O eleitor em débito com a Justiça Eleitoral pode emitir a guia de multa no 

site da Justiça Eleitoral e realizar o pagamento no Banco do Brasil. Em até 

72h o sistema reconhecerá a quitação, não sendo necessário apresentar o 

comprovante ao cartório eleitoral.

Para emitir a guia de multa, acesse: https://www.tre-sp.jus.br/eleitor/tresp-quitacao-de-multas.

Políticos que tem a pretensão de se candidatar em eleições futuras devem 

ficar atentos a esta questão da multa, sendo que, com esta oportunidade disponibilizada pela Justiça Eleitoral poderão regularizar sua situação sem 

ter que ir presencialmente ao cartório eleitoral. 

Dr. Antonio Trefiglio Neto – Advogado Especialista em Direito do Trabalho e 

Direito Público, e-mail: advtrefiglio@hotmail.com


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.