Header Ads

Seo Services

Deic prende empresário suspeito de matar homem em Piracicaba


E diz que crime foi por agiotagem, assassinato aconteceu em maio. 

Segundo investigações, vítima tinha dívida e era ameaçada pelo suspeito; arma e munições semelhantes às usadas no assassinato foram apreendidas.

Policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) prenderam um empresário suspeito de ser o mandante do assassinato de um homem de 41 anos, ocorrido em uma propriedade rural de Piracicaba (SP), em maio.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi morta porque tinha dívida de cerca de R$ 10 mil com o empresário.

A prisão aconteceu em 31 de julho, mas o caso foi divulgado nesta terça-feira (11). O suspeito, de 32 anos, é lutador de jiu-jítsu. A polícia afirma que ele é agiota.

A vítima, Cleber Mendes, foi atraída até o bairro rural e, ao perceber que seria morta, correu até um sítio e pediu por socorro.

O homem foi morto em frente à família que mora no imóvel, mesmo com o proprietário tentando impedir.

Investigações


Os investigadores constataram que a vítima havia trocado cheques com o empresário suspeito do crime, que a ameaçava por conta de uma pendência financeira, de acordo com o Deic.

A Justiça determinou a prisão temporária dele, cumprida enquanto ele chegava para trabalhar em uma de suas empresas, no Jardim Glória.

Ainda conforme a polícia, as cobranças a Mendes aumentaram após outro homem, também envolvido com agiotagem, ter sido preso com drogas na fronteira com o Paraguai.Os agentes também cumpriram três mandatos de busca e apreensão em outras propriedades do lutador – uma hamburgueria no bairro Paulista e na casa dele no Jardim Camargo.

Na residência, segundo o Deic, foi encontrada uma pistola calibre 380 com munições semelhantes àquelas que estavam no corpo da vítima.

A arma foi apreendida, e uma perícia foi realizada para apurar se ela foi utilizada para o crime. Cheques e dois celulares também foram apreendidos.

O empresário prestará depoimento na quarta-feira (12) e vai responder por homicídio quadruplamente qualificado – por motivo torpe, mediante paga promessa de recompensa, através de traição e emboscada e com meio que dificultou a defesa da vítima.


Fonte: G1

 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.