Header Ads

Seo Services

Prefeito Dú Cazellato dá dissídio a servidores e gratificação a funcionários da Saúde


Deverá ser pautado a gratificação aos funcionários da Saúde o mais breve possível na Câmara e o díssidio de 4,05% retroativo a maio/2020 foi decretado pelo prefeito na quinta(23). 


A Câmara deverá votar gratificação para os servidores da Saúde na linha de frente da pandemia. Na tarde desta quinta-feira (23), o prefeito de Paulínia, Du Cazellato (PL), protocolou na Câmara Municipal proposta de gratificação financeira para os servidores da Secretaria Municipal de Saúde que atuam na linha de frente do combate ao novo coronavírus. O benefício que poderá ser aprovado é de R$ 431,35  e será pago mensalmente, enquanto durar a pandemia. “Isso foi possível após um estudo meticuloso de comportamento da receita do município e do equilíbrio das contas públicas neste período de pandemia. O prefeito pediu este estudo pra gente, como maneira de valorizar os servidores da saúde”, afirmou Guilherme Mello Graça, secretário de Negócios Jurídicos da Prefeitura Municipal de Paulínia. O presidente do Legislativo, Antonio Miguel Ferrari, o Loira (DC), deve pautar o projeto para votação em Plenário o mais breve possível..

A Administração informou  também que vai reajustar em 4,05% os salários dos cerca de 6 mil servidores públicos e aposentados a partir de agosto. O índice se refere à recomposição da inflação anual e o pagamento será retroativo a maio, data-base da categoria. 

O reajuste, conforme a Administração municipal, irá abranger 4.499 funcionários públicos, 605 inativos pela Prefeitura, 900 aposentados pela Pauliprev e 28 trabalhadores ativos do instituto previdenciário dos servidores públicos. “No total, 6.032 pessoas serão beneficiadas”, destacou. “Com exceção dos cargos comissionais, secretários, vice-prefeito e prefeito, que tiveram seus salários congelados até dezembro 31 de dezembro de 2021”.

O Decreto Municipal 7844/2020, de 23 de julho, está publicado na edição 1.517 do Semanário Oficial de Paulínia, desta quinta-feira.

As secretarias municipais de Saúde, Recursos Humanos, Negócios Jurídicos e Finanças trabalharam em conjunto na elaboração deste projeto. O impacto da gratificação no dinheiro dos contribuintes será de R$ 3,189 milhões.

Redação Portal Vizão 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.