Header Ads

Seo Services

Lider do PSL fala em lançar Jurandir Bonomi como candidato a prefeito

Filiado ao PSL desde o dia 4 de abril, o empresário e ex - vereador  Jurandir Bonomi, vira a peça de estratégia do grupo liderado pelo  vice-  presidente da legenda , o empresário Paulo Mota, para as eleições de 2020. Mota deixou o PRB depois de quase 10 anos á frente da legenda. Do Republicano nesse período, despontaram   seus lideres locais, como  Sandro Caprino , José Soares, Emerson Brizola e outros.
Bonomi foi vereador por  três  legislaturas pelo PTB em 2000 foi candidato á vice- prefeito com José Pavan Júnior ( então PFL)  quando o eleito foi Edson Moura ( na época PMDB) para suceder Dude Vedovello, ex- vice de Moura ( 93/96). Dude era do PMDB e terminou o mandato no PTB.
Desde as eleições de 2.000, Jura Bonomi está fora da política para  se dedicar  seus negócios empresariais
. Agora, decidiu voltar ao cenário pelo PSL a convite de Paulo Mota e outros lideres .
 O desafio de Bonomi reside na retomada do espaço que políticamente foi dele,  a região que foi a sua própria base política . Ele foi criado e cumpriu toda a sua trajetória  na região de Betel, onde hoje é principal reduto de Edenilson Cazellato, o Du Cazellato , o atual prefeito e também ex- vereador por dois mandatos.Quando Boniomi estava na política , o nome de Du Cazelato sequer era conhecido nos meios e bastidores do poder
Por um lado, Paulo Mota ensaia acender a tocha do balão para um espetáculo á parte no céu da política paulinense  com Jurandir  Bonomi na testa de uma chapa como candidato a prefeito e chapa de  de vereadores, na outra ponta do campo, a temperatura aumenta e o balão esquenta.
 É que no interior da máquina  o presidente do PSL  o vice- prefeito de Paulínia, o Sargento Camargo, tem o nome posicionado no cenário político e sem a confirmação oficial de que ele continuará como vice- prefeito de Du Cazellato numa possível disputa para a reeleição.
 Camargo,era do PSDB com Du e se articulou com Paulo Mota e outros para reformular a Executiva provisória do PSL na cidade. Segundo observadores e gente que acompanha a política local, Camargo foi peça fundamental para Du Cazellato  ganhar eleições complementares de 2019.Hoje, ele parece politicamente deslocado na prefeitura com espaço muito reduzido na estrutura da máquina administrativa  e sem participação efetiva nas ações do governo.

Fonte: Facebook (Miguel Samuel)

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.