Header Ads

Seo Services

Mesmo com Denuncias a serem apuradas, CP contra Dixon e 13 vereadores prossegue.

Apesar dos questionamentos dos advogados de defesa, a CP (Comissão Processante) que apura suposto favorecimento por parte do prefeito Dixon Carvalho (PP) a treze vereadores terá continuidade.

Na tarde de terça-feira (03), a comissão da CP leu o relatório e decidiu pela continuidade dos trabalhos. A acusação alega que Dixon favoreceu os vereadores em troca de votos para arquivar uma CP.

O advogado de defesa do vereador e presidente da casa Du Cazallato (PSDB), Dr.Marcelo Pelegrini, antes da leitura do relatório, disse que parte dos procedimentos da CP foram conduzidos de forma irregular e solicitou, pelo menos provisoriamente, que a apuração seja suspensa.

Pelegrini explicou que os advogados de defesa não foram chamados antes de 24 horas da sessão, o que é contra a lei; que a reunião deveria ter ocorrido na segunda-feira (02) para que um prazo de cinco dias fosse respeitado e questionou a comissão qual rito seria seguido no processo, entre a Lei Orgânica, Regimento Interno da Câmara ou o Decreto Lei 201 de 1967.
Foi levantado também a questão de ordem pelo advogado de defesa do vereador Manoel Filhos da Fruta, Dr. Antonio Trefiglio Neto, que os suplentes representados por Sargento Camargo (PDT) e Robert Paiva(PTB), seriam favorecidos pelo resultado da CP, e assim gera um conflito de interesse contaminando todo o processo.

Confiram as notícias do dia no Portal Vizão

Todos os pedidos foram negados pelo vereador Tiguila Paes (PPS) e os suplentes Sargento Camargo (PDT) e Robert Paiva(PTB). Sobre o rito a ser seguido, a comissão informou que usará as três formas de investigação.

Recursos

O advogado Alex Lopes, que compõe a defesa do vereador Danilo Barros (PR), afirmou que foram cometidas “aberrações jurídicas” durante a leitura do relatório e que estuda quais medidas serão tomadas para suspender ou corrigir aquilo que considera equivocado. O advogado do denunciante, Claudio Navas, disse que tudo ocorreu dentro do que prevê a lei.

O Presidente

De acordo com o presidente da CP, em breve as oitivas terão início e as testemunhas arroladas pelos edis serão convocadas para prestarem depoimentos. No total 87 pessoas foram listadas nas defesas prévias.

Redação Portal Vizão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.