Header Ads

Seo Services

Moradores da Vila Soma são detidos e colocados em ônibus após protesto

Manifestantes foram levados ao 2º DP de Sumaré por obstrução de via.
Ato na manhã desta sexta-feira bloqueou a Rodovia Anhanguera (SP-330).
Os moradores da Vila Soma, em Sumaré (SP), que realizaram um protesto contra o presidente Michel Temer (PMDB) na manhã desta sexta-feira (11) e bloquearam a Rodovia Anhanguera (SP-330), foram detidos pela Polícia Militar após a manifestação. Pelo menos 30 pessoas foram colocadas em dois ônibus pela corporação e encaminhados ao 2º Distrito Policial do município.

O ato terminou às 7h35, segundo a Polícia Rodoviária, e os manifestantes foram abordados quando estavam na Avenida da Amizade, em Sumaré. De acordo com a Polícia Militar, eles foram detidos por obstrução de via, já que atearam fogo em pneus e bloquearam a rodovia. Até a publicação da reportagem, a ocorrência não havia sido registrada.

Veja como está o trânsito neste momento na região de Campinas.

A manifestação aconteceu na altura do distrito de Nova Veneza. Além de protestar contra Temer, os moradores também se opõem à PEC 241/55, que prevê o congelamento dos investimentos públicos em todas as áreas pelos próximos 20 anos, nas três esferas de poder.

Os moradores da ocupação colocaram fogo em pneus e fecharam todas as pistas da rodovia. Ainda segundo a Polícia Rodoviária, o protesto também fechou uma das entradas de Sumaré. O trânsito ficou totalmente parado no local e a Guarda Municipal auxiliou na segurança.

Veja qual é a situação das rodovias em outras regiões do estado.

O protesto faz parte da manifestação nacional contra as medidas do governo federal. Há registro de mobilização na Bahia, Distrito Federal, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e São Paulo.


Fonte: G1

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.