Header Ads

Seo Services

Com 2,5 mil casos e em epidemia, Itapira tem 1ª morte por dengue

Mulher de 51 anos morreu em 1º de janeiro no Hospital Municipal.
Laudo do Instituto Adolf Lutz foi enviado à Prefeitura em 25 de fevereiro.

A Secretaria de Saúde de Itapira (SP) confirmou a primeira morte por dengue no ano. A vítima é uma mulher de 51 anos que morava no bairro Assad Alcici. De acordo com a Prefeitura, apesar da morte ter acontecido no dia 1º de janeiro, o resultado do exame saiu apenas no dia 25 de fevereiro. Com 2581 casos confirmados em 2015, a cidade vive uma epidemia da doença.
A vítima apresentou sintomas de dengue em 20 de dezembro do ano passado e chegou a procurar atendimento no Pronto-Socorro do Hospital Municipal por cinco vezes. Ela foi internada em 30 de dezembro e, dois dias depois, morreu. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Mogi Guaçu (SP), onde foi descartada a possibilidade de infecção exógena.
Como a causa da morte continuava sem confirmação, a Prefeitura encaminhou o corpo para o Adolf Lutz, em São Paulo, onde a suspeita de dengue foi confirmada. Por nota, o prefeito José Natalino Paganini (PSDB) lamentou a morte. "Apesar da tristeza que esse acontecimento no traz, ele serve de alerta para toda comunidade", comunicou.
Epidemia
A cidade registrou, até a primeira quinzena de fevereiro, 2.581 casos confirmados de dengue em 2015. Por conta da epidemia, até o carnaval foi cancelado este ano. Em 5 de janeiro, o Executivo já havia decretado estado de emergência. De acordo com a Prefeitura, o número de funcionários que atuam no combate aos focos de dengue passou de 90 para 120.
No ano passado, o município confirmou 564 casos da doença. Já em 2013, foram apenas 53 casos.

Fonte : G1

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.