Header Ads

Seo Services

Ceasa inicia ampliação na estrutura para flores e frutas

Licitação aberta esta semana contrata empresa para construir novo pier ao custo de R$ 2,2 mihões
A Central de Abastecimento de Campinas (Ceasa) começou a desengavetar os projetos de ampliação e melhorias da estrutura, promessa do prefeito Jonas Donizette (PSB) desde 2013, quando assumiu o Palácio dos Jequitibás. Foi publicado nesta semana o edital de licitação para contratação de uma empresa responsável pela construção do Pier Sul de Carga e Descarga, plataforma logística de 110 metros de comprimento com capacidade para 70 veículos médios e pesados no mercado de hortifrútis. A abertura dos envelopes será no dia 3 de março e o custo estimado da licitação é de R$ 2,2 milhões. Na sequência será construído o Pier Norte de Carga e Descarga, nos mesmos moldes.

“A construção do Pier Sul é a primeira fase de duas fases idênticas. Depois das construções dos dois piers, que são uma plataforma completa para logística, teremos 140 vagas fixas para carga e descarga sem a necessidade de deslocamento no mercado. Não encontramos isso em nenhum outro mercado”, explicou diretor técnico operacional da Ceasa, Claudinei Barbosa.

Já sobre a construção de um novo pavilhão no mercado de hortifrútis, demanda antiga de comerciantes e clientes e outra promessa de Jonas, Barbosa disse que depende da aquisição de novas áreas, por isso ainda não tem data para acontecer. “Temos planos, mas depende da aquisição de áreas lindeiras”, afirmou. O diretor da Ceasa estima que até o final do ano serão criadas 150 novas vagas no estacionamento do mercado.

Outro projeto que está há anos em pauta e ainda não saiu do papel é a ampliação do Banco Municipal de Alimentos na Ceasa. Até o mês que vem a Caixa Econômica Federal deverá emitir um parecer sobre o projeto para a obra, que irá ampliar em quatro vezes o tamanho do Banco de Alimentos. A verba de R$ 1,5 milhão já está garantida pelo governo federal. “O projeto está sob análise na Caixa e está na fase final. A perspectiva é que em fevereiro tenhamos uma resposta”, projetou Barbosa.

Mercado de Flores
A Ceasa também abriu nesta semana licitação para a instalação de mais 12 módulos dentro do mercado de flores. Estão contempladas áreas para comercialização de flores e folhagens cortadas, flores e plantas verdes envasadas, e flores e plantas ornamentais para jardinagem e paisagismo. Os valores para a aquisição de um espaço variam de R$ 10 a R$ 18 mil. Os documentos necessários para participar da licitação deverão ser entregues pelos interessados até o dia 12 de fevereiro, no prédio da Administração da Ceasa Campinas, no Departamento de Licitações e Compras. O edital contendo as regras e requisitos para a licitação pode ser visualizado no site da Ceasa.

“São 12 módulos com 24 metros quadrados no chão, um espaço físico para a comercialização no mercado de flores. Os interessados devem apresentar a documentação e ofertar os valores mínimos. Tradicionalmente, os ocupantes do nosso mercado são produtores”, destacou Barbosa.

Fonte : CP

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.