Header Ads

Seo Services

Assalto noturno à geladeira: gula ou doença?

Foto Reprodução DF
Se você costuma perder o controle durante a noite e fazer visitinhas à cozinha em busca de alimentos calóricos, saiba que os famosos assaltos noturnos à geladeira tem nome: transtorno alimentar noturno. O distúrbio é diferente da gula ou do descontrole alimentar, quem sofre do mal costuma se controlar durante o dia, mas à noite busca no alimento uma maneira de descontar frustrações emocionais, tensões cotidianas ou necessidades afetivas.

O transtorno alimentar noturno é uma forma de válvula de escape para pessoas que estão sofrendo com algum tipo de problema, mas na hora que o corpo relaxa, o cérebro emite a informação de que há necessidade de preenchimento, que é solucionado, momentaneamente, com a ingestão de alimentos. Muitas pessoas inclusive acordam durante a madrugada para comer e há relatos de pacientes que fazem involuntariamente e só notam que comeram durante a noite quando veem os vestígios de comida ao acordarem.

Transtorno alimentar noturno

Comer alimentos pesados durante a noite prejudica extremamente a saúde. Portanto, o jantar deve sempre ser leve. Evite alimentos gordurosos e ricos em carboidratos. Não faça ingestão de cafeína durante a noite, pois além de prejudicar o sono, estimula a atividade cerebral. A ingestão de álcool e nicotina também são inimigos do bom sono e da qualidade de vida.

Se você sente necessidade de comer durante a noite e nota que está acontecendo, a dica é tentar desviar o pensamento. Tente algo que distraia e relaxe. Um livro, um banho ou uma música calma podem ajudar. Mas se a vontade for incontrolável, tente deixar na geladeira alimentos não calóricos, como frutas, sucos, gelatina e saladas. No caso de não resistir aos 'assaltos noturno' tenha à vista esse tipo de alimento.

Em casos mais sérios, a terapia ajudará a descobrir os problemas que seu cérebro está tentando mascarar com a ingestão de alimentos. Diversas técnicas e métodos são capazes de te ajudar a lidar com seus problemas de maneira madura e a enfrentá-los de forma correta. O tratamento pode ser acompanhado por medicamentos capazes de regular o sono e o apetite e antidepressivos.

Fonte : DF

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.