Header Ads

Seo Services

Quem Jura é quem mais mente !!!!

O princípio de tudo....

Ditado popular, que serve como parâmetro para medir a capacidade do ser humano de julgar seus semelhantes por ele mesmo, na maioria das vezes se não for em um todo, ele se equipara com a situação encontrada e julga o próximo pelo que ele mesmo estaria fazendo caso tivesse oportunidade, por isso fala com propriedade e até "JURA" que tem conhecimento sobre determinado assunto.

Os fins justificam os meios....

Os fins que levam uma pessoa se expor de tal forma em rede social, subjugando uns e outros por seu próprio universo, nos leva a crer que o ato em si transparece de desespero pois quando teve não fez e agora transparece que tem jeito, e ai caros leitores o desespero bate, de uma forma muito mais intensa do que normalmente seria, pois está chegando a hora de quem faz a hora e não espera acontecer.
Pra isso não tem remédio, a não ser que deixe a prepotência de lado e comece à repensar onde errou, dou uma dica muito boa, comece conversando com a população mais carente e siga suas idéias, pois estas mesmas famílias que ainda são prejudicadas por inércia sua, sabem na pele onde, o que se expõe nas redes sociais, as prejudicou, e só aí este desespero terminará, principalmente quando tiver o prazer de ajudar alguém de verdade e sem interesses próprios.

Os Idólatras como terminar ????

Não é de hoje que se encontra pelas ruas da cidade, "Idolatra",  que sua idolatria vão além do normal por políticos que estiveram ou estão no poder. Tais idolatrias transparecem claramente falta de capacidade de agir, criar e produzir algo que esteja a contento do idealismo ora defendido por tal líder, na maioria dos casos tais idolatras se perdem na idolatria se expondo ao ridículo papel que popularmente é chamado de puxa-saquismo demasiado, onde fica claro que de preocupação ele só tem a dele, e é com ele apenas, sem a preocupação com a exposição, mediante a trilha de migalhas, feitas por tal "Ídolo" .
Nas redes sociais vemos isto acontecer claramente, tem uns e umas que parecem mais um papagaio de pirata, uns porque almejava algo na atual administração, vive de que um acordo verbal lhe garantiria bons frutos, só se esquecendo de que tinha todo um trabalho com um resultado que fosse a contento, mas o que importa é as suas necessidades, e não a de quem ele se propôs a defender nas políticas públicas.
E os e as idólatras que estão fora do governo, não vêem que se perderam a eleição, foi porque faltou algo, e isso refletiu nas urnas, agora o duro é convencer estes idólatras disto, pois se eles acham que podem entrar em um jogo de xadrez e mudar as regras só porque o cavalo andou em "L", e por isso agiu de má fé quando derrubou a rainha que lhes pertencia, fica quase impossível, ainda mais que o criador da idolatria cuida manipulando tais idolatras para que não percam a fé que um dia eles voltaram a estar no topo e que vai ser sem eleição.

O covarde corre, o corajoso enfrenta....

Não é de hoje que acontecem estas covardias, se no poder público o funcionário não está contente com a função, trabalho ou escala, ele se afasta e pronto ta tudo certo, mas este mesmo afastado não se importa com o prejuízo que causa a uma sociedade inteira que depende do poder público pra sobreviver, não digo que não há funcionários que pelo seu lado estão mesmo prejudicados com alguma limitação física que o impede de exercer sua função, mas esta em um percentual bem alto, estes afastamentos inexplicáveis, que por seu lado, prejudica outros funcionários que automaticamente se sobrecarregam e também se afastam pelo desgaste físico e muscular. E assim vira-se um círculo vicioso que ninguém tem controle de onde tudo isto vai parar.
O que deixa a gente indignado são funcionários de carreira que se envolvem questões eleitorais, eles assumem um determinado papel na administração e quando isto termina não aceita a volta ao posto que é dele de direito, o mais engraçado de tudo isto é que eles se intitulam como os defensores da população, e se recusam a servi-los, se limitando apenas aos dividendo que tal população lhes proporcionam através dos impostos que recolhem, agora resta a duvida, será que estes tem boa intenção?O mais engraçado é que são os primeiros a cobrar em auto e bom som o posicionamento dos magistrados para que julgue má fé, e são os mesmos que a praticam.

Bons caros amigos que vocês tenham um fim de semana abençoado, e homenageiem as Mamães de vocês, pois elas onde querem que estejam sempre cuidará de vocês


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.