Header Ads

Seo Services

Transporte público de Paulínia passa a ter escolta

Após uma série de atos de vandalismo contra os ônibus do transporte público de Paulínia a Secretaria de Segurança Pública começou a partir de sábado (26) um remanejo de parte do efetivo para acompanhar os coletivos nos finais de semana até os bairros da cidade.

A medida adotada visa coibir atos de vandalismo contra os coletivos do transporte público depois que seis ônibus tiveram as saídas de emergência, nas janelas laterais, acionadas no período de duas semanas.

As primeiras linhas que receberão o apoio da Guarda Municipal serão as regiões do Cooperlotes, Jardim Amélia e Marieta Dian. "Foram estas linhas que foram motivo de ataques de vândalos. São Bairros de periferia, onde será intensificado o trabalho. Isso será feito até o problema cessar", disse Cícero Brito secretário municipal de segurança.

A medida adotada segundo o secretário será por tempo indeterminado e serão utilizadas quatro viaturas. Uma delas ficará na rodoviária e as outras três farão o acompanhamento dos coletivos. A empresa Passaredo, única empresa responsável pelo transporte público, estima que o prejuízo seja de cerca de R$ 8 mil. De acordo com a Prefeitura, os coletivos danificados precisaram ser retirados de circulação para serem consertados, mas já voltaram a operar. Imagens dos circuitos internos de câmeras dos ônibus foram encaminhadas à Polícia Civil para a identificação dos suspeitos e um boletim de ocorrência foi registrado como vandalismo.

"Alguns foram identificados. São na maioria menores de idade que serão encaminhados ao conselho tutelar e à promotoria da infância e juventude", disse Cícero Brito. A Polícia Militar também se comprometeu a partir de agora a fazer reforço nos pontos de ônibus.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.