Header Ads

Seo Services

Jorginho nega arrependimento, mas confirma volta de titulares na Ponte

(Foto: Carlos Velardi/ EPTV)

Treinador elogia postura da comissão técnica da Macaca, que decidiu por preservar os jogadores em vez de colocá-los em dificuldades contra o Galo

A goleada para o Atlético-MG não mudou a postura de Jorginho. Triste pelos 4 a 0 que levou em Belo Horizonte, o técnico em nenhum momento demonstrou arrependimento por escalar a Ponte Preta com muitos reservas. Para o ex-lateral da Seleção Brasileira, o principal objetivo nesta noite era preservar a saúde dos jogadores, que haviam enfrentado o Náutico dois dias antes, em Campinas.
- A única coisa que quis fazer foi preservar o meu atleta, que é chefe de família e precisa disso para ganhar o seu sustento. Uma contusão hoje poderia atrapalhar a sua carreira. Essa era a preocupação. Fizemos um estudo com a comissão técnica, conversamos bastante e decidimos. O mais importante foi que não deixei qualquer tipo de problema acontecer com nossos atletas - disse o técnico.
Seguindo o roteiro de trocas constantes na equipe, Jorginho confirmou que usará o time considerado titular no domingo, contra o Bahia, em Salvador, pela sequência do Campeonato Brasileiro. Assim, jogadores como o lateral Uendel, o zagueiro Ferron, o volante Baraka e os atacantes Rildo e William recuperam suas posições.
As únicas certezas são as ausências de Artur e Fernando. O lateral segue vetado pelo departamento médico, em virtude à lesão na derrota por 2 a 1 para o Náutico. Já o volante recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Atlético-MG e cumpre suspensão automática.
- O que eu vou fazer é colocar os jogadores que estiveram contra o Náutico. Não teremos o artur, que está machucado, e só. O histórico do Brasileiro é desumano, mas não sou a pessoa indicada para falar de leis e regras. Poderia entrar com os titulares hoje, mas também poderia perder alguns atletas para o resto do campeonato.

Fonte G1

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.