Header Ads

Seo Services

Comerciante é morto em Campinas após defender funcionária de tentativa de estupro

Um comerciante foi assassinado na madrugada deste sábado (26) após defender sua funcionária de apenas 15 anos vítima de tentativa de estupro. O crime foi praticado por homem bêbado em um trailer de lanches no bairro São Marcos, em Campinas.

A funcionária de 15 anos que foi alvo da tentativa de estupro disse não ter acreditado que o homem fosse atirar. "Achei que ele só queria dar um susto". A adolescente conta que o autor dos disparos tentou beijá-la à força e passou as mãos em seus seios. "Ele estava bêbado, não sei se faria isso se não estivesse", disse a menor.

Segundo testemunhas, o pedreiro Adão de Araújo, de 43 anos, estava alcoolizado e atirou cinco vezes contra a vítima. Marco Antônio de Oliveira de 44 anos foi atingido por quatro disparos, dois na cabeça e dois no peito. O pedreiro tentou fugir, mas foi preso em sua casa e responderá por homicídio, estupro de adolescente e porte ilegal de arma.

De acordo com a PM, os disparos foram efetuados depois que o comerciante chamou a atenção do pedreiro. A polícia informou que o comerciante tentou se esconder atrás do balcão, mas que o pedreiro subiu em cima da estrutura e atirou. O comerciante não acreditou que o pedreiro fosse atirar. Quando Adão sacou a arma, o comerciante ainda disse "Você vai atirar em mim? Você estava abusando da minha funcionária", disse um policial militar.

"Não tem justificativa. A gente fica muito sentido. Chega uma pessoa dessas alcoolizada e faz isso. Não tem nem coração", afirmou o irmão da vítima, Hildebrando de Oliveira. Segundo ele, a família inteira foi criada no bairro e o crime surpreendeu os parentes. "A gente jamais imaginava. Além de tentar abusar da funcionária, ele foi e ainda disparou cinco tiros contra meu irmão. Agora a gente espera que a Justiça faça a parte dela", afirmou o irmão da vítima.


 Fonte : portal de paulinia

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.