Header Ads

Seo Services

Após golear Bolívar, São Paulo tenta repetir 'abafa' contra The Strongest


Em novo duelo com um time boliviano, Tricolor planeja seguir estratégia dos 5 a 0, no Morumbi: 'Não podemos deixá-los respirar', diz Jadson

Ter um clube boliviano no caminho não é novidade para o São Paulo na Taça Libertadores de 2013. Apesar de não fazerem comparações entre o Bolívar, adversário na prévia, e The Strongest, rival desta quinta-feira, às 21h30m, no Morumbi, pela fase de grupos, os jogadores do Tricolor prometem uma postura semelhante para vencer novamente.
– Não sei se o Strongest virá para cima ou vai esperar, como o Bolívar. Mas nossa equipe tem de jogar com atitude, mostrar que está ali para ganhar o jogo. Não podemos deixá-los respirar – afirmou o meia Jadson.
A estratégia do Bolívar não deu nada certo no confronto do Morumbi. O Tricolor partiu para cima desde o início e não demorou a construir um resultado que o deixou muito perto da classificação. Luis Fabiano (dois), Osvaldo, Jadson e Rogério Ceni marcaram na goleada por 5 a 0. No segundo duelo, a derrota por 4 a 3, de virada, não foi o bastante para tirar o time brasileiro do torneio.
– Tomara que seja igual, que nós possamos fazer um bom jogo, como foi aquele. Não sei se será o mesmo placar, mas queremos que a torcida saia feliz do Morumbi – ressaltou o armador.
O técnico Ney Franco, aliás, indica que usará a mesma tática. Naquela ocasião, o São Paulo foi a campo no esquema 4-2-3-1, com Aloísio escalado pelo lado direito do ataque, função exercida por Lucas em 2012. A formação permitiu que o Tricolor encurralasse o adversário no campo de defesa e jogasse com mais velocidade.
– Temos de ter o mesmo pensamento, marcando com pressão. Estamos em casa e precisamos buscar o resultado positivo. Se colocarmos nosso ritmo, vamos ter um bom resultado – disse o volante Wellington.
Com a derrota para o Atlético-MG na primeira rodada, o São Paulo segura a lanterna do Grupo 3, ao lado do Arsenal, da Argentina, que perdeu para o The Strongest.

Por Carlos Augusto Ferrari

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.