Header Ads

Seo Services

A força do Wi-Fi ao longo do tempo virou um objeto físico


Peter Jellitsch, artista e arquiteto austríaco, é fascinado pelas forças invisíveis ao nosso redor. Ele explorou campos eletromagnéticos, o vento, e agora ele abordou o Wi-Fi.
O Wi-Fi está, pouco a pouco, se tornando mais onipresente. Só que apesar de ocupar mais lugares, ele dificilmente os preenche por igual. E em um dia ele está forte; no outro, mal rende uma barrinha de sinal no laptop ou celular.

Sigam o Portal ViZão no Twitter: @PortalViZao

Então, para seu novo projeto “Bleecker Street Documents“, Jellitsch utilizou um dispositivo para medição de ondas de rádio a fim de registrar a intensidade do sinal Wi-Fi no apartamento em Nova York onde ele morou por 45 dias.
Ele então reuniu os dados e os organizou em uma estrutura com três dimensões. Em um eixo, ficam os dias; no outro eixo, as horas; e no terceiro eixo, a força do sinal. Quanto mais forte o sinal, mais alta fica a estrutura. Com seu estilo pixelizado, ela não parece ser real – mas de fato é um objeto de poliuretano, moldado em uma fresadora.

O resultado é uma representação não convencional – mas ainda assim impressionante – de um sinal Wi-Fi ao longo do tempo, mas em um espaço 3D real. Não é uma representação exata do que realmente é o Wi-Fi – seria interessante vê-lo como um objeto real – mas nós gostamos. Saiba mais sobre o projeto de Jellitsch em seu site: [Peter Jellitsch via Co.Design]

Fonte: Gizmodo

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.