Deputada Leci Brandão e o Deputado Orlando Silva poderão vir depor na Câmara

Segundo um pedido feito formalmente pelo Vereador Manoel (Filhos da Fruta) (PC do B), através de seu advogado Dr. Antonio Trefiglio Neto,
a cerca da denuncia 04/2017, pede-se ao presidente da CI, o vereador Tiguila Paes(PPS), que colha o depoimento do  Deputado Federal Orlando Silva(PC do B) e a Deputada Estadual, e ex vice prefeita Leci Brandão(PC do B), pela razão desta indicação é  dar esclarecimento como se procede a governabilidade tanto no plano estadual como no plano federal, e que no plano municipal não se difere desta situação, por este motivo a defesa técnica do Vereador Manoel ( Filhos da Fruta), insiste em fazer estas oitivas para  trazer elementos de persuasão elementos fáticos que fundamentem a votação pela Câmara de Paulínia.
O pedido feito pela defesa foi protocolado na Câmara Municipal de Paulínia e deverá ser acatado, ou não pelo presidente da comissão nos próximos dias.

Redação
Mais informações »

Polícia Civil prende homem conhecido como gerente do tráfico em Paulínia

Ação é desmembramento de operação em abril que terminou com suspeito morto. Com o traficante os policiais apreenderam 3kg de entorpecente, munição, dinheiro, celulares e combustível.
A Polícia Civil de Paulínia (SP) prendeu na última quarta-feira (16) um homem suspeito de ser um dos gerentes do tráfico de drogas no município. De acordo com o delegado Rodrigo Galazzo, a ação é um desmembramento da operação realizada em abril, quando um suspeito foi morto e um investigador acabou ferido a facadas.

"Cumprimos o mandado de busca e apreensão e localizamos o gerente da droga. Prendemos ele em flagrante e apreendemos mais de três quilos de entorpecentes", contou Galazzo.

Com o suspeito os policiais apreenderam porções de maconha, cocaína e crack prontos para venda, além de dinheiro, celulares, munições para revólver calibre 38, combustível e produtos para o refino de drogas.

O suspeito, conhecido na região como Cascão, foi preso por tráfico, associação ao tráfico, posse ilegal de munição e armazenamento irregular de combustível.

O caso

No dia 10 de abril, um investigador da Polícia Civil foi ferido a facadas durante uma operação para coibir tráfico e receptação de produtos furtados em Paulínia.

O investigador estava acompanhado de outro policial civil e um guarda municipal, quando foi atacado pelo suspeito. Os policiais reagiram e mataram o homem. Duas pessoas foram presas na ação.

Fonte G1

Mais informações »

Só dois vereadores assistem balanço de recuperação de crédito do Pauliprev

Os vereadores Fábia Ramalho (PMN) e Danilo Barros (PR) assistiram na manhã desta quarta-feira, 16, um balanço de recuperação de crédito do Pauliprev, o Instituto de Previdência dos Funcionários Públicos de Paulínia, encomendado a Fipe, a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicos. Todos os vereadores foram convidados, más 9 mandaram representantes e 4 não compareceram.
O balanço foi apresentado pelo coordenador do projeto da Fipe, Alípio Albuquerque, responsável há 8 meses por conduzir os trabalhos e explicou que o Pauliprev já conseguiu recuperar cerca de R$ 43 milhões e estima recolocar no caixa do Instituto, quase R$ 224 milhões ao final do trabalho.

Albuquerque informou também, que um sistema geral de governança e compliance deverão ser implantados em breve na Pauliprev, o que irá permitir aos servidores, investidores e poupadores, acompanhar tudo o que ocorre no instituto em tempo real.

Já o diretor presidente do Pauliprev, José de Freitas Guimarães, destacou que no passado não era comum que o Instituto prestasse contas dos investimentos, mas que hoje esse cenário mudou. “Além de termos um portal atualizado, temos a obrigação de deixar a luz os investimentos e o trabalho que fazemos”
Fábia Ramalho e Danilo Barros perguntam
A vereadora Fábia Ramalho (PMN) aproveitou a reunião para esclarecer dúvidas trazidas por funcionários públicos ao seu gabinete. “É construtivo essa troca de informações, pois podemos levar adiante todo o trabalho feito, sem nunca deixar de acompanhar e fiscalizar, pois tratam do futuro daqueles que servem a população”, comentou a vereadora que também integrou a Comissão Especial de Inquérito, a CEI, realizada em 2017 e investigou a Pauliprev.

Já o vereador Danilo Barros (PR) agradeceu à Guimarães e Albuquerque pelos esclarecimentos, classificando o encontro como positivo e essencial. “Esperamos uma nova visita para que possamos alinhar com a Pauliprev, políticas que resultem em mais transparência e benefícios aos servidores, classe essencial para o dia a dia da nossa cidade”.

Quem compareceu

Danilo Barros
Fábia Ramalho (PMN)

Quem mandou representante

Du Cazellato (PSDB)
Marquinho Fiorella (PSB)
Kiko Meschiati (PRB)
Manoel Filhos da Fruta (PCdoB)
Fábio Valadão (PRTB)
Loira Ferrari (PSDC)
João Mota (PSDC)
Zé Coco (PV)
Flávio Xavier (PSDC)

Quem não compareceu

Edilsinho Rodrigues (PSDB)
Tiguila Paes (PPS)
Xandinho Ferrari (PSD)
Marcelo D2 (PROS)

Fonte NP

Mais informações »

Motorista profissional com pontos na carteira pode realizar curso do Detran

A partir desta ultima quarta-feira(16), o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo, o Detran-SP disponibiliza a reciclagem preventiva para motoristas profissionais que exercem atividade remunerada nas categorias C, D e E.

Previsto na resolução 723 do Contran, o Conselho Nacional de Trânsito, que regulamentou o artigo 261 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o curso é opcional e pode ser feito pelo condutor que:

tenha a inscrição “exerce atividade remunerada” no verso da Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
seja habilitado exclusivamente nas categorias C (veículos de carga, como caminhões), D (veículos de transporte de passageiros, como ônibus e vans) ou E (veículo conjugado, como carreta com reboque ou trailer);
tenha atingido de 14 a 19 pontos.
É possível pedir para fazer o curso apenas uma vez a cada 12 meses. Ele dá ao motorista profissional a oportunidade de se reciclar e ter retirada de seu prontuário a pontuação acumulada na CNH por infrações de trânsito. Desta forma, apenas se somar outros 20 pontos nos 12 meses seguintes terá a CNH suspensa.

“O motorista profissional passa muitas horas ao volante. A reciclagem preventiva permite que ele reavalie sua conduta no trânsito quando ele está com grande risco de ter a CNH suspensa, o que o impediria de trabalhar. É uma chance de ele reaprender e repensar suas atitudes, pois todos devem respeitar as normas de trânsito, colaborar para a segurança viária e, principalmente, preservar vidas”, ressalta Maxwell Vieira, diretor-presidente do Detran-SP.

Para solicitar a reciclagem preventiva, o interessado deve ir até a uma unidade do Detran-SP. Se os requisitos forem preenchidos, ele receberá uma autorização a ser entregue a uma autoescola, onde contratará o curso.  Após a emissão da permissão, o condutor terá 15 dias para iniciar o curso e, a partir daí, 40 dias para terminá-lo.

Grade curricular

O curso de reciclagem preventiva é o mesmo já existente para condutores infratores que têm a CNH suspensa e é oferecido pelas autoescolas. Ao final, é preciso fazer uma prova de 30 questões e acertar pelo menos 21 (70%) para ser aprovado.

Ele tem aspecto educacional e visa levar o motorista a rever seus conhecimentos e mudar a postura no trânsito, analisando temas como legislação de trânsito, direção defensiva, noções de primeiros socorros no trânsito e relacionamento interpessoal.

Como estabelece o CTB, todo condutor que atinge 20 ou mais pontos em 12 meses tem o direito de dirigir suspenso por no mínimo 6 meses e precisa passar pela reciclagem. Também tem a CNH suspensa quem comete uma única infração gravíssima que tem como penalidade prevista no CTB a suspensão.

Informações ao cidadão:

Portal – www.detran.sp.gov.br

Disque Detran-SP – Capital e municípios com DDD (11) 3322-3333. Demais localidades: 0300-101-3333. Atendimento: de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h.

Fale com o Detran.SP e Ouvidoria (críticas, elogios e sugestões) – Acesso pelo portal, na área de “Atendimento”.

Fonte NP

Mais informações »

Polícia Civil de Paulínia prende mãe e padrasto por estupro de vulnerável

Foto Reprodução G1
Adolescente resolveu denunciar caso à polícia após ver repercussão de outros casos recentes na cidade.

A Polícia Civil de Paulínia (SP) prendeu a mãe e o padrasto de uma adolescente de 16 anos por estupro de vulnerável. Segundo o delegado Rodrigo Galazzo, a mulher era conivente com os abusos por "medo de perder o companheiro". "Ela não queria que a menina denunciasse. Ela sabia e não queria ficar sem o amásio".

De acordo com a Polícia Civil, a menina resolveu fazer a denúncia após ler sobre outros casos semelhantes recentes na cidade e que resultaram na prisão dos estupradores. No dia 4 de maio, um vigilante de 56 anos foi preso por abusar das três filhas - uma delas, de 11 anos, entregou um bilhete como pedido de socorro a uma amiga da escola.

"Ela contou que foi estuprada quando tinha 13 anos e que o padrasto manteve atos libidinosos durante os últimos três anos", explicou Galazzo.
Padrasto preso por abusar de adolescente é ouvido na Delegacia de Paulínia.
A mãe o padrasto foram presos temporariamente por 30 dias, e foram indiciados nesta quarta-feira (16). O delegado explicou que irá pedir pela prisão preventiva do casal.

"Por a mãe se omitir, ela vai responder pelo mesmo crime, de estupro de vulnerável", explicou Galazzo.

Casos em Paulínia

Dados da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP) mostram que o índice de crimes desse tipo no município supera as dez maiores cidades da região de Campinas no primeiro trimestre de 2018.

Com 102 mil habitantes, segundo dados do IBGE, Paulínia teve 13 casos de estupro nos primeiros três meses do ano, 8 deles envolvendo crianças e adolescentes.

Para o delegado Rodrigo Galazzo, o elevado número de casos em Paulínia está relacionado com a exposição de casos e o trabalho da Polícia Civil.

"O estupro é uma doença sexual e, infelizmente, sempre aconteceu. Na verdade, as vítimas estão mais seguras para denunciar ao ver que criminosos estão sendo presos por isso."

Fonte G1
Mais informações »

Jota Quest e Fernanda Souza são atrações do final de semana no Theatro Municipal

A banda Jota Quest está de volta em Paulínia para mais um show neste sábado, 19 de maio, no Theatro Municipal Paulo Gracindo, com o espetáculo, “Jota Quest Acústico – Músicas Para Cantar Junto”. O espetáculo relembra os grandes clássicos do grupo em versões acústicas. O show terá única apresentação, às 21h, com destaque para programação visual e iluminação retro-futuristas.

No repertório, a banda vai apresentar clássicos como “Dias melhores”, “Amor maior”, “Só hoje”, “O vento”, “Fácil”, “Do seu lado”, “Vem andar comigo”, “Dentro de um abraço”, “As dores do mundo”, “Encontrar alguém” entre outros, totalmente repaginados, além de novidades como as canções “Morrer de amor” (parceria com Alexandre Carlo – Natiruts) e “Pra quando você se lembrar de mim” parceria com Wilson Sideral, escolhida para ser o primeiro single do registro, já disponível em todas as plataformas digitais e em alta rotação nas rádios de todo Brasil.

No domingo, dia 20, acontece o Stand Up de Fernanda Souza “Meu Passado Não Me Condena, às 19h. O espetáculo é uma comédia onde a atriz resolveu abrir a sua vida, suas memórias e seus personagens. Ao lado do amigo e produtor Léo Fuchs, a atriz global resolveu teatralizar e dar vida a todas essas lembranças. São 60 minutos de puro entretenimento, onde humor e emoção se misturam fazendo com que o público saia do teatro com a seguinte questão: será que meu passado me condena?

Para mais informações o interessado deve entrar um contato com a Bilheteria do Theatro Municipal Paulo Gracindo pelo telefone (19) 3933-2140, das 13h às 17h, de segundas às sextas-feiras. Também pela Secretaria de Cultura, pelo telefone (19) 3874-5700.

Serviços:

Espetáculo: Jota Quest - Acústico

Dia e horário: 19/05, às 22h

Classificação: 12 anos

Espetáculo: Fernanda Souza - Stand Up - Meu Passado Não Me Condena

Dia e horário: 20/05, às 19h

Classificação: 12 anos

Fonte Ass. Imprensa

Mais informações »
Desenvolvimento: Somar PropagandaMarketing - Designed By Marquinhos Somar